Stock Car

Grid de 2013 tem Barrichello ao lado de outros oito novatos e três mudanças em equipes de ponta

Vinda definitiva de Rubens Barrichello promete ser uma das atrações para a temporada 2013 da Stock Car

Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo

32 pilotos estão confirmados para a abertura da temporada 2013 da Stock Car, neste domingo (3), em Interlagos. Dentre eles, o alto número de nove novatos, um deles, o piloto mais experiente da história da F1: Rubens Barrichello.

Além dos novatos, que correspondem a quase ¼ do grid, a dança das cadeiras da categoria também viu três mudanças nas equipes de ponta, campeão trocando de time, a volta de pilotos que estavam suspensos. A menos de uma semana da primeira prova do ano, duas vagas ainda estão em aberto.

Após disputar as três últimas provas de 2012, Barrichello decidiu se mudar de vez para o automobilismo brasileiro. Com vínculo ampliado, Rubens disputará todas as 12 etapas de 2013 com a Full Time. No ano passado, o piloto chegou a se classificar duas vezes para os Q2, mas não terminou nenhuma prova entre os 20 melhores. Agora, sem ser considerado um piloto-convidado, ele brigará por seus primeiros pontos na categoria.

Rubens Barrichello é o mais famoso dos novatos de 2013 da Stock Car (Foto: Rodrigo Berton / Agência Warm Up)

Para ser considerado o melhor estreante do ano, porém, Barrichello terá de superar alguns bons nomes. O grupo de nove pilotos que fará sua primeira temporada completa na categoria é completado por Fabio Fogaça, Rodrigo Pimenta, Vitor Genz, Sérgio Jimenez, Beto Cavaleiro, Felipe Lapenna, Raphael Matos e Wellington Justino.

Paulista de 28 anos, Jimenez já disputou duas provas na Stock Car, em 2011, pela equipe RZ. Sem conseguir se firmar, o hexacampeão brasileiro de kart passou o último ano e meio no GT Brasil para conseguir a chance de voltar à principal categoria do Brasil pela nova equipe Voxx.

[ESPECIAL 2013]
► Stock Car dá largada para sua 35ª temporada neste domingo
► Voltando de suspensão, Gomes e Feldmann aprovam medidas antidoping
► Chefe da Full Time vê Barrichello brilhando na Stock Car, mas faz ressalva
► Galeria: veja imagens de carros e pilotos da Stock Car 2013

“Estou bastante animado. É uma grande oportunidade que estou recebendo da equipe Voxx. Meu maior desejo é transformar essa confiança deles em mim em resultados”, declarou ao Grande Prêmio.

Jimenez acredita que ter uma sequência o ajudará a provar seu valor. “Na minha carreira, isso é quase inédito. Sempre foi difícil para mim por causa do patrocínio, mas sempre consegui mostrar meu potencial ao longo deste tempo. Espero fazer um bom trabalho e fazer o meu melhor para estar na frente. Meu objetivo sempre foi ganhar corridas e quem sabe ser campeão um dia também”, adicionou.

Jimenez fará sua primeira temporada completa na Stock Car (Foto: Ricardo Belussi/Allkart.net)

A equipe Voxx é a antiga JF, que foi comprada pela farmacêutica Cimed. O companheiro de Jimenez no time será Denis Navarro, que parte para sua terceira temporada na Stock Car. Navarro estava confirmado na Vogel, uma das equipes de ponta, e sua saída abriu espaço para outro jovem promissor e que tem sobrenome famoso: Fabio Fogaça.

O sorocabano de 21 anos mostrou potencial no ano passado, quando pilotou pela Mitsubishi no Brasileiro de Marcas e venceu uma corrida. Em dezembro, ‘Fogacinha’ disputou a Corrida do Milhão com o time de Carlos Alves e se prepara para seu primeiro campeonato completo na Stock.

“Trabalhar na equipe do [Mauro] Vogel é fantástico para mim”, disse Fogaça ao GP. “A gente nem esperava que fosse surgir uma oportunidade tão boa como essa e eu acredito que estar nessa equipe vai me ajudar muito a conseguir bons resultados. Estar ao lado do [Allam] Khodair também. Vejo ele e o Thiago Camilo como os mais rápidos para uma volta”.

“Espero ser o melhor estreante. Tem muitos estreantes, um pessoal que é muito experiente no automobilismo, como o próprio Rubinho, então acredito que sendo o melhor estreante vou provar meu valor para todo mundo”, afirmou.

Fogaça dará sequência a sua carreira na Stock Car no palco da estreia (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

Dos seis times que venceram corridas em 2012, mudanças aconteceram também na WA Mattheis e na RCM. Na primeira, Popó Bueno assumiu a vaga que era de Alceu Feldmann no começo do ano passado e que foi preenchida por Giuliano Losacco e Helio Castroneves nas últimas provas. Na segunda, o melhor novato de 2012, Galid Osman, assumiu o lugar antes pertencente a Lico Kaesemodel.

Nas demais, tudo como antes: Cacá Bueno e Daniel Serra seguem na Red Bull, Ricardo Maurício e Max Wilson na RC e Átila Abreu e Nonô Figueiredo na AMG.

Cacá Bueno vai brigar pelo tri consecutivo na Stock Car (Foto: Bruno Terena/Red Bull)

Kaesemodel mudou para a Boettger, onde formará dupla com Luciano Burti. Recém saído do time, o campeão de 2003 David Muffato foi para a Carlos Alves. Lá, terá Marcos Gomes como companheiro equipe. Gomes está voltando de uma suspensão por doping, assim como Alceu Feldmann, que dividirá Full Time com Barrichello.

Outras mudanças são a ida de Júlio Campos para a Mico’s no lugar de Ricardo Sperafico – sobrou o irmão gêmeo Rodrigo –, de Tuka Rocha para a RZ e o retorno de Diego Nunes à Bassani, pela qual conquistou sua única vitória na Stock Car, em Curitiba, em 2010.

O começo de ano também viu outra equipe mudar de nome: a FTS foi vendida para a empresa Hanier. Toda a estrutura foi adquirida pela indústria química, mas a chefia continuará sendo de Maurício Ferreira.

As duas vagas ainda sem dono são na Bassani e na ProGP – esta última era de Vítor Meira até o ano passado.

Red Bull: Cacá Bueno e Daniel Serra
RC: Ricardo Maurício e Max Wilson
AMG: Átila Abreu e Nonô Figueiredo
RCM: Thiago Camilo e Galid Osman
Vogel: Allam Khodair e Fabio Fogaça
WA Mattheis: Valdeno Brito e Popó Bueno
Boettger: Luciano Burti e Lico Kaesemodel
Carlos Alves: David Muffato e Marcos Gomes
RZ: Ricardo Zonta e Tuka Rocha
Gramacho: Rodrigo Pimenta e Vitor Genz
ProGP: Duda Pamplona e a confirmar
Mico’s: Julio Campos e Rodrigo Sperafico
Voxx: Denis Navarro e Sérgio Jimenez
Full Time: Rubens Barrichello e Alceu Feldmann
Hanier: Beto Cavaleiro e Felipe Lapenna
Hot Car: Raphael Matos e Wellington Justino
Bassani: Diego Nunes e a confirmar

O Grande Prêmio cobre ‘in loco’ a primeira etapa de 2013 da Stock Car, em Interlagos, com os repórteres Felipe Giacomelli e Renan do Couto.