Stock Car
20/05/2018 14:48

Gomes lidera de ponta a ponta em Santa Cruz do Sul e põe fim a jejum de vitórias na Stock Car. Serra e Wilson fecham pódio

A última vitória conquistada por Marcos Gomes antes deste domingo gelado em Santa Cruz do Sul foi em 22 de maio de 2016, em Goiânia. Mas o jejum teve fim quase dois anos depois com uma atuação impecável no interior gaúcho. Um acidente envolvendo Cacá Bueno e Vitor Genz marcou a prova e acabou com a boa corrida de Bruno Baptista
Warm Up, de Santa Cruz do Sul / FERNANDO SILVA, de Santa Cruz do Sul
 Marcos Gomes festeja a vitória na primeira corrida em Santa Cruz do Sul (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)

Foi em 22 de maio de 2016 o dia da última vitória de Marcos Gomes na Stock Car. Desde aquela prova, em Goiânia, por muitas vezes o piloto da Cimed viu o triunfo bater na trave, mas o jejum finalmente se encerrou neste domingo (20) gelado em Santa Cruz do Sul. O filho de Paulão Gomes largou na pole-position e fez uma prova impecável do começo ao fim, liderando todas as voltas — exceção feita ao período da janela para a troca de pneus — e vencendo depois de resistir à pressão de Serra no fim da primeira corrida da rodada dupla no interior gaúcho.

Serra confirmou mais um grande resultado na Stock Car e cruzou a linha de chegada em segundo, apenas 0s431 atrás de Gomes. E Max Wilson completou o pódio em Santa Cruz do Sul, em outro grande dia da RC Eurofarma. Julio Campos garantiu o quarto lugar, enquanto Átila Abreu encaixou grande corrida para levar o quinto posto com a Shell V-Power.

Lucas Foresti, da Cimed, foi o sexto, fechando logo à frente de Thiago Camilo. A dupla da Blau aparece em seguida, com César Ramos em oitavo e Allam Khodair em nono. E Felipe Lapenna, da Cavaleiro, foi o décimo, garantindo assim a primeira posição no grid invertido da corrida 2. Denis Navarro, Sergio Jimenez, Rafael Suzuki, Ricardo Zonta e Felipe Fraga, que saiu de último lugar, completam a lista dos pontuadores da prova em Santa Cruz do Sul.

O GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' a etapa de Santa Cruz do Sul da Stock Car com os repórteres Fernando Silva e Vitor Fazio. Acompanhe tudo aqui.
Saiba como foi a corrida 1 da Stock Car em Santa Cruz do Sul

Dentre os 30 pilotos do grid, Guilherme Salas partiu dos pit-lane. Lá na frente, Marcos Gomes largou bem demais e conseguiu manter a dianteira após sair na pole. E Julio Campos ganhou 'na raça' a posição de Daniel Serra, subindo para segundo, com Max Wilson, Átila Abreu e Thiago Camilo vindo na sequência. Mas a primeira volta foi cheia de incidentes com uma batida envolvendo Valdeno Brito, Antonio Pizzonia e Galid Osman.

Na abertura da volta 2, Ricardo Zonta emparelhou com Camilo para buscar a sexta posição. Após um contato entre os carros, o piloto da Shell V-Power levou a pior e ficou para trás. Na esteira do incidente ainda na primeira volta, Valdeno e Pizzonia foram aos boxes e voltaram bem depois, mas sem chances de somar pontos.
Largada da corrida 1 da Stock Car em Santa Cruz do Sul (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Marcos Gomes conseguia abrir uma vantagem confortável na ponta, enquanto Julio Campos se segurava em segundo. O piloto da Prati-Donaduzzi passava a receber a pressão de Max Wilson, que tinha acabado de ultrapassar o companheiro de RC Eurofarma, Daniel Serra. E Rubens Barrichello, que havia largado em décimo, ficava pelo caminho por conta de problemas no carro #111 da Full Time.

Serra e Max Wilson se alternavam em terceiro lugar na esteira do acionamento do botão de ultrapassagem. Um pouco mais atrás, Átila Abreu fazia uma corrida bem sólida em quinto e andava à frente de Camilo e, mais atrás, de Lucas Foresti. Átila e Thiago travaram um belo duelo em Santa Cruz. Outro que fazia bela corrida era Bruno Baptista, que figurava em oitavo, seguido por César Ramos e Cacá Bueno. E Felipe Fraga, de último, já era o 16º.

A janela para o pit-stop obrigatório foi um dos pontos decisivos da corrida 1 no interior gaúcho. E coube ao líder Gomes puxar a fila, com a Cimed trocando os dois pneus do lado direito do carro #80, mesmo procedimento feito pela RC Eurofarma com Serra e pela Prati-Donaduzzi com Campos. Nenhum dos líderes ficou mais tempo para abastecer.
Batalha entre Julio Campos e Daniel Serra em Santa Cruz do Sul (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Quando as posições reais foram consolidadas após a janela de pit-stops, os pilotos da equipe de Rosinei Campos, o 'Meinha', mostraram a força do melhor carro da atualidade na Stock Car. Serra e Max fizeram a ultrapassagem sobre um valente Julio Campos, que resistiu até o fim. Átila continuava em quinto, enquanto Foresti havia superado Camilo para subir à sexta posição. Baptista seguia bem, numa ótima oitava colocação, com Cacá e Vitor Genz completando o top-10.

Mas o grande resultado de Baptista se encerrou pouco depois. O jovem estreante da Hero foi acertado por Cacá e Genz, que disputavam o décimo lugar e se tocaram no fim da reta dos boxes, batendo no carro #44 da Hero em seguida. Foi aí que a direção de prova acionou pela primeira vez na corrida o safety-car.

A bandeira verde foi acenada quando restavam pouco mais de dois minutos para o fim. Gomes tinha a missão de segurar a liderança para voltar a vencer na Stock Car. E a missão foi cumprida com êxito. Com um grande carro nas mãos, Marquinhos espantou qualquer ameaça dos carros da Eurofarma para quebrar um jejum de dois anos sem vitória na principal categoria do automobilismo brasileiro.
Marcos Gomes no topo do pódio da Stock Car em Santa Cruz do Sul (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Stock Car 2018, Santa Cruz do Sul, corrida 1, final: 

1 80 MARCOS GOMES SP CIMED 41:34.314 28 voltas
2 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA +0.431  
3 65 MAX WILSON SP RC/EUROFARMA +3.225  
4 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI DONADUZZI +4.634  
5 51 ÁTILA ABREU SP SHELL RACING +4.975  
6 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS +5.246  
7 12 LUCAS FORESTI DF CIMED +5.904  
8 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU +6.523  
9 18 ALLAM KHODAIR SP BLAU +7.778  
10 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO +7.857  
11 5 DENIS NAVARRO SP CAVALEIRO +8.183  
12 73 SÉRGIO JIMENEZ SP SQUADRA G-FORCE +9.045  
13 8 RAFAEL SUZUKI SP HOT CAR/BARDAHL +9.970  
14 10 RICARDO ZONTA PR SHELL RACING +10.246  
15 88 FELIPE FRAGA PA CIMED +11.441  
16 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL +11.620  
17 9 GUGA LIMA PR SQUADRA G-FORCE +12.117  
18 70 DIEGO NUNES SP FULL TIME +19.161  
19 25 TUKA ROCHA SP VOGEL +1:08.377  
20 101 NONÔ FIGUEIREDO SP HERO +1 volta  
21 3 BIA FIGUEIREDO SP A.MATTHEIS +3 voltas  
22 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN +5 voltas  
23 0 CACÁ BUENO RJ CIMED +5 voltas  
24 90 RICARDO MAURÍCIO SP FULL TIME +6 voltas  
25 117 GUILHERME SALAS SP HOT CAR/BARDAHL +7 voltas  
26 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME +9 voltas  
27 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN +17 voltas  
28 44 BRUNO BAPTISTA SP HERO +17 voltas  
29 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI DONADUZZI +21 voltas  
30 28 GALID OSMAN SP CAVALEIRO +28 voltas  



A NOVA ESTRELA DA FÓRMULA E

DECISÃO DE MASSA PELA FE É OUSADA, CORAJOSA E MUITO SEGURA