Indy
13/06/2018 05:15

Indy põe agosto como prazo para decidir em quais áreas do carro vai permitir desenvolvimento das equipes em 2019

Os chefões da Indy, Jay Frye e Bill Pappas, confirmaram a intenção de abrir áreas em que as equipes poderão desenvolver os carros vindos da Dallara durante a temporada 2019. Ainda não sabem, no entanto, que áreas serão essas. A definição vai chegar não antes do penúltima mês da temporada
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Os novos carros da Indy estrearam esse ano e tiveram bons e maus momentos na primeira parte da temporada - as partes ruins apareceram sobretudo nos ovais. Existe uma conversa da Indy sobre quais tipos de desenvolvimento serão permitidos para 2019, mas a decisão sobre o mérito será tomada apenas daqui a alguns meses. Nada antes de agosto.
 
O presidente e operações e competição da Indy, Jay Frye, confirmou que as áreas do carro que serão abertas para desenvolvimento particular de cada equipe será definida "não antes de agosto, mas talvez depois disso". A intenção é conhecer mais do carro até lá.
 
"Nós conversamos sobre quais 'caixas' abrimos nos carros para que as equipes desenvolvam. E com mais ou menos 3/4 da temporada vamos conversar com os times como sempre fazemos e perguntar que tipo de ajustes eles não podem fazer e gostariam de passar a poder fazer", disse ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
 
"Sim, existem mudanças possíveis de serem feitas. Olhando para a asa traseira nos carros de superovais, por exemplo, são menores que no projeto original, porque depois dos primeiros testes nós descobrimos que precisava ser reduzido assim para diminuir o arrasto. Então tem coisa que dá para fazer durante o trabalho se alguma peça não estiver funcionando como esperado", explicou. 
Scott Dixon (Foto: IndyCar)
O vice-presidente de competição, Bill Pappas, registrou com a Indy pretende ouvir as opiniões de cada equipe e depois se reunir com a Dallar, fabricante dos carros, para ajustar as diretrizes. A demora é fruto da calma da categoria, que quer ver como o chassi se comporta em cada pista do calendário.
 
"Primeiro de tudo, respeitamos o que a Dallara está fazendo como parceira da categoria. Mas vamos recolher informações dos times - só que ainda não ouvimos os times e não sabemos que mudanças querem da Dallara para o ano que vem. Alguns querem seguir um caminho próprio em certas áreas, alguns estão felizes com a forma como o pacote está agora e o nível de customização com que contam, por exemplo, em programas como impacto e amortecedor", falou.
 
"Pessoalmente, acredito que algumas áreas podem ser gerais e outras podem ser abertas para o ano que vem. Mas isso não pode ser resolvido até que vejamos como os carros e os kits aerodinâmicos reagem em cada pista que vamos. É por isso que podemos resolver depois da temporada", seguiu.
 
A temporada da Indy segue com a décima etapa, o GP de Road America, em 24 de junho. A temporada termina em 16 de setembro.

Últimas Notícias
terça-feira, 12 de junho de 2018
F-E
Warm Up
F1
Porsche GT3 Cup
F-E
Porsche GT3 Cup
F1
Indy
F1
F1
F1
Endurance
Warm Up
F-E
Endurance
Galerias de Imagens
Facebook