Indy
10/06/2018 05:15

Chefe diz que McLaren está “considerando seriamente”, mas ainda estuda entrada na Indy. E revela: “Parece favorável”

Chefe da McLaren, Zak Brown afirmou que a McLaren ainda estuda uma eventual entrada na Indy. Dirigente destacou que a escuderia de Woking está “considerando seriamente” a opção e revelou que a situação “parece favorável”
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Chefe da McLaren, Zak Brown afirmou que um programa da escuderia de Woking na Indy em 2019 “parece favorável”. Ainda assim, o dirigente considerou que é preciso concluir o devido processo de análise e garantiu que, se acontecer, a ‘aventura’ nos Estados Unidos não vai interferir com a F1.
 
Depois de se aliar a Andretti na participação de Fernando Alonso na edição do ano passado das 500 Milhas de Indianápolis, a McLaren passou a considerar mais seriamente uma entrada na categoria norte-americana.
 
No início do mês, Brown acompanhou a etapa da Indy no Detroit e começou a estudar e avaliar a possível entrada da escuderia britânica no grid da Indy. Ao longo de um dia marcado por reuniões, o dirigente já começou a avaliar até mesmo alternativas de pilotos e de fornecedores de motor.
Zak Brown afirmou que uma entrada da McLaren na Ind "parece favorável" (Foto: McLaren)
Questionado pela publicação inglesa ‘Crash.net’ sobre as possibilidades de a McLaren entrar na Indy, o dirigente afirmou que a ideia só será levada adiante se não interferir com o programa da F1.
 
“Nós estamos considerando seriamente a Indy. Há algum tempo que nós estamos cuidando disso”, admitiu Brown. “Como disse antes, se vamos entrar em outras formas de esporte a motor em que a McLaren tem uma grande história, temos de fazer de uma maneira que, primeiro e antes de tudo, não comprometa nossas atividades na F1 ou não consideraremos”, seguiu.
 
“Precisa ser comercialmente viável, algo em que a gente sinta que pode ser competitivo e onde se ajuste nossa marca. É preciso preencher todas essas opções, não a maioria delas”, alegou. “Ainda não checamos todos os itens, mas parece favorável, então vamos tomar uma decisão para podermos estar preparados para 2019 em algum ponto dos próximos meses”, afirmou.
 
“Se estivermos confiantes de que temos todos esses quatro elementos, então é algo que provavelmente seguirá adiante. Mas ainda não completamos a jornada”, frisou.
 
Indagado sobre os rumores de uma eventual mudança de Fernando Alonso para a Indy, Brown afirmou que a prioridade é manter o espanhol na F1.
 
“Nós estamos conversando com Fernando. Como ele disse, foi mais ou menos nesta época do ano que começamos a conversar no ano passado”, lembrou. “Ele está na F1 há muito tempo, ele está curtindo guiar tanto quanto sempre curtiu. Acho que ele está guiando melhor do que nunca. Como ele mencionou, acho que ele está um pouco frustrado com a F1 se tornando acho que mais um campeonato de construtores do que de pilotos”, comentou.
 
“Ele ama a F1, ama o Mundial de Endurance e Daytona, então tomara que possamos manter Fernando no ambiente da McLaren de alguma maneira, formato ou forma”, concluiu.
 
CONFLITO À VISTA?

NOVA EQUIPE DE LORENZO, HONDA É TODA MOLDADA PARA MÁRQUEZ


Últimas Notícias
domingo, 10 de junho de 2018
F1
F1
Rali
F1
Superbike
F-E
F-E
Indy
F-E
F1
Indy
F-E
Indy
Indy
sábado, 9 de junho de 2018
Indy
Galerias de Imagens
Facebook