F1
31/10/2013 11:59

Maldonado deixa Williams, assina com Lotus e vira parceiro de Grosjean em 2014

De acordo com o Americo Teixeira Jr., dono do Diário Motorsport, Pastor Maldonado fechou contrato com a Lotus para 2014. O piloto de 28 anos deixa a Williams depois de três temporadas, onde será substituído por Felipe Massa
Warm Up
AMÉRICO TEIXEIRA JR., de Vinhedo
 
Siga o GRANDE PRÊMIO                     Curta o GRANDE PRÊMIO

 
Pastor Maldonado vai defender a Lotus em 2014 (Foto: Getty Images)
Pastor Maldonado já é piloto da Lotus. É apenas uma questão de conveniência das partes envolvidas o anúncio oficial. Contrato nesse sentido já foi assinado, e o venezuelano formará dupla com Romain Grosjean. As fontes ouvidas em diversos países garantem isso.

Maldonado, portanto, deixa a Williams após três temporadas, sendo o ponto alto a vitória no GP da Espanha em 2012. O lugar de Maldonado na equipe inglesa será de Felipe Massa, dispensando na Ferrari.

Ainda, não há detalhes do acordo com a Lotus ou sobre o papel da petrolífera estatal PDVSA no novo vínculo. A reportagem completa sobre transferência do piloto está no Diário Motorsport.

O futuro, a Pastor pertence

Nesta quinta-feira (31), véspera dos primeiros treinos para o GP de Abu Dhabi, Maldonado disse aos repórteres que o seu destino para 2014 "está apenas em suas mãos". O venezuelano afirmou também que pretende esperar mais tempo para decidir o futuro, "porque possui algumas opções" e não descartou a saída do time de Grove ao final da temporada.

"Eu realmente espero ter uma decisão antes do final da temporada e ainda temos algumas semanas até lá, então vamos ver o que acontece. Eu não posso garantir que vou deixar a equipe ou ficar. Essa é a minha terceira temporada e estou um momento da carreira muito importante", disse.

"Tenho algumas opções. Eu conversei com algumas pessoas e vamos escolher o melhor caminho em breve. A decisão de onde vou correr será 100% minha. É uma grande responsabilidade, por isso estou tomando cuidado e não quero cometer nenhum erro", completou o piloto.

Depois da confirmação da contratação de Kimi Räikkönen pela Ferrari, a Lotus se tornou a equipe com o cockpit mais atraente do grid. O posto foi cobiçado por Massa, mas o chefe do time preto e dourado, Eric Boullier, manifestou publicamente a preferência por Nico Hülkenberg, que, agora, diante do iminente anúncio com Maldonado, tem suas opções bastante reduzidas.

O jornalista Américo Teixeira Jr. é assessor de imprensa, parceiro do GRANDE PRÊMIO e colunista da REVISTA WARM UP.
 


Últimas Notícias
terça-feira, 16 de janeiro de 2018
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Rali
segunda-feira, 15 de janeiro de 2018
F1
Copa Grande Prêmio
Rali
Galerias de Imagens
Facebook