F1
10/06/2018 05:30

Grosjean zomba de maré de azar no Canadá após falha de motor: “Talvez o castor de ontem ainda estivesse lá”

Após abandonar, por problemas mecânicos, o Q1, Romain Grosjean comentou, com humor, sua participação de poucos instantes nos treinos classificatórios do GP do Canadá. A despeito da última posição, francês acredita em recuperação para o domingo
Warm Up
EDUARDO PASSOS, de São Paulo

Em mais um dia ruim em meio à maré de azar que comanda sua temporada, Romain Grosjean preferiu adotar tom irônico ao comentar sua breve participação nos treinos classificatórios do GP do Canadá. O francês mal havia saído dos boxes quando sua Haas começou a expelir forte fumaça, de modo que o piloto sequer completou uma volta no Q1.
 
O infortúnio veio em sequência ao atropelamento de um pequeno roedor por Grosjean, durante os treinos livres da sexta-feira (9). Desse modo, o companheiro de Kevin Magnussen chegou a citar, de modo cômico, o animal, preferindo rir a lamentar a série de problemas que assola a sua equipe desde a Austrália. Ainda assim, o dono do #8 ressaltou as melhorias trazidas pela construtora para a etapa canadense da F1.
Romain Grosjean abandonou o Q1 antes que algum piloto tivesse completado uma volta (Foto: Reprodução/F1)

“Alguma coisa deu errado. Talvez o castor de ontem ainda estivesse lá em algum lugar. Falando sério, nós damos risada, pois tem sido uma terrível série de azar desde a primeira corrida da temporada. Temos tido muito azar. De qualquer forma, a sensação com o carro era realmente boa desde o TL1. Fiquei muito feliz com a atualização. Kevin estava melhorando e ficando melhor na classificação, o que é ótimo para o time”, avaliou.
 
Em opinião contrária à de Lewis Hamilton, Grosjean aposta no histórico de abundantes ultrapassagens no circuito Gilles Villeneuve para sair da lanterna da prova. Além disso, Romain espera contar com uma estratégia diferenciada de pneus e a presença de safety-cars, a fim de facilitar uma corrida de recuperação.
Grosjean danificou o bico de seu carro após atropelar roedor nos treinos de sexta-feira (8) (Foto: Reprodução/Twitter)
“Começar em último não é o ideal, mas é uma dessas pistas onde você pode ultrapassar, então felizmente não é Mônaco. Acho que todos que vão começar com os hipermacios, vão sofrer com o desgaste, especialmente se estiver calor. Vamos tentar algo diferente. Temos muitos carros para passar. Um bom safety-car, um pouco de sorte na hora certa, e podemos estar lá”, terminou.

A largada do GP do Canadá ocorre nesse domingo (10), às 15h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
CONFLITO À VISTA?

NOVA EQUIPE DE LORENZO, HONDA É TODA MOLDADA PARA MÁRQUEZ


Últimas Notícias
sábado, 9 de junho de 2018
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Porsche GT3 Cup
F1
Porsche GT3 Cup
Porsche GT3 Cup
Galerias de Imagens
Facebook