F1
09/12/2013 17:57

FIA aprova numeração fixa na F1 a partir de 2014 e pontuação dobrada para último GP da temporada

A Federação Internacional de Automobilismo divulgou mudanças importantes no regulamento da categoria para o próximo ano, que já será marcado pela introdução dos novos motores V6 turbo
Warm Up / FELIPE GIACOMELLI, de São Paulo / RENAN DO COUTO, de São Paulo
 Carro do título mundial de Mansell estará no museu (Foto: Divulgação)

Os pilotos terão direito a escolher os números com os quais vão competir na temporada 2014 do Mundial de F1 e a última etapa, o GP de Abu Dhabi, contará com pontuação dobrada. Essas foram as duas principais mudanças anunciadas pelo órgão regulador do esporte, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA), nesta segunda-feira (9).

Ao todo, o Grupo de Estratégia da F1 e a Comissão da F1, que se reuniram em Paris, aprovaram cinco mudanças no regulamento: teto orçamentário, testes da Pirelli entre os dias 17 e 19 de dezembro no Bahrein, números fixos para os pilotos, novas punições e pontuação dobrada para o GP de Abu Dhabi, tanto para atletas quanto para Construtores.
O GP de Abu Dhabi terá pontuação dobrada (Foto: Getty Images)

A começar pelo teste em Sakhir, como a Pirelli não pôde testar os novos compostos de 2014 em Interlagos devido à forte chuva no fim de semana do GP do Brasil, a FIA resolveu fazer uma alteração de última hora no regulamento, permitindo que todas as equipes participassem da atividade no Bahrein. As escuderias que aceitaram o convite foram Red Bull, Ferrari, Mercedes, McLaren, Force India e Toro Rosso.

Outra mudança que já havia sido pedida e era questão de tempo para ser aprovada é o uso de uma numeração fixa para os pilotos. Assim como acontece em campeonatos como a MotoGP, por exemplo, os competidores precisarão escolher um número entre 2 e 99 para usar durante toda a carreira na F1.

O 1, por sua vez, fica reservado ao campeão do ano anterior, caso ele queira mudar. Se dois atletas escolherem o mesmo número, a prioridade é de quem terminou na frente o último campeonato.

Se a mudança de números já era esperada, a pontuação dobrada no GP de Abu Dhabi – que encerra o campeonato – é uma surpresa. Para evitar que as equipes passem a mudar o foco para o ano seguinte (assim como aconteceu em 2013) muito cedo, a FIA decidiu que a corrida na Yas Marina terá peso duplo.

A entidade também decidiu a criação de uma nova punição, de 5s, para infrações leves. Como ela será aplicada – durante um pit-stop ou ao final da prova – ainda será discutido com as equipes. A última mudança é o teto orçamentário, que entrará em vigor em 2015. Um grupo de trabalho, que será nomeado nos próximos dias, terá a função de propor como isso funcionará até o mês de junho do ano que vem.