F1
10/06/2018 11:38

Dirigente da Force India se defende e nega jogo de equipe entre Ocon e Hamilton no GP de Mônaco

Esteban Ocon facilitou a vida de Lewis Hamilton no GP de Mônaco, mas Otmar Szafnauer garante que não foi por ordem da Mercedes. O dirigente destaca que Ocon poderia se complicar com Fernando Alonso caso disputasse posição com Hamilton
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre

A Force India negou que tenha trabalhado para favorecer Mercedes e Lewis Hamilton no GP de Mônaco. De acordo com Otmar Szafnauer, chefe de operações da escuderia indiana, o pedido de que Esteban Ocon “não perdesse tempo” com Hamilton teve a ver com a estratégia do próprio francês, que lutava para evitar a aproximação de Fernando Alonso na briga pelo sexto lugar.
 
“Estávamos correndo nossa própria corrida, não contra o Lewis [Hamilton] naquele momento”, avaliou Szafnauer. “Não queríamos perder tempo algum. O Alonso havia parado um pouco antes para tentar nos superar na estratégia. O que nós realmente não queríamos era perder qualquer tempo com o Lewis para evitar que o Alonso tivesse alguma chance contra nós. Foi por isso que falamos para o Esteban [Ocon] que ele não devia perder tempo. Se você corre de olho nos retrovisores, você não vai tão rápido”, ponderou.
 
Independente da estratégia da Force India, a afirmação de que Alonso parou antes da manobra entre Ocon e Hamilton não procede. Lewis passou Esteban na volta 14 do GP de Mônaco, enquanto Fernando foi aos boxes na volta 19.
Esteban Ocon não quis se complicar com Lewis Hamilton em Mônaco (Foto: Force India)

Mesmo assim, Szafnauer destaca que seria perigoso perder tempo com Hamilton.
 
“Mesmo que fossem só alguns décimos, já seria muita coisa. Quando você está muito perto de um cara que vem atrás, não dá para fazer isso. Você pode segurar o Hamilton por cinco, seis ou sete voltas, mas ele te passa de qualquer jeito. Aí você foi superado pelo Hamilton e pelo cara com quem você realmente brigava por posição”, encerrou.
 
Sem se complicar com Ocon, Hamilton terminou o GP de Mônaco na terceira posição. O francês, por sua vez, sustentou o sexto lugar, melhor resultado até aqui em 2018.

A declaração de Szafnauer vai contra o que o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse recentemente. O dirigente da equipe alemã afirmou que houve ordem de equipe para beneficiar Hamilton.

Últimas Notícias
domingo, 10 de junho de 2018
F1
Superbike
F-E
F-E
Indy
F-E
F1
Indy
F-E
Indy
Indy
sábado, 9 de junho de 2018
Indy
Indy
Indy
Indy
Galerias de Imagens
Facebook