F1
12/05/2018 11:01

Com direito a recorde da pista, Hamilton consegue pole e lidera dobradinha da Mercedes na Espanha

A Mercedes deu o bote no fim. A equipe vinha sendo ofuscada pela Ferrari durante toda a classificação, mas, quando foi para valer mesmo, Lewis Hamilton veio bem em cima dos pneus supermacios e conquistou o direito de sair da pole-position
Warm Up / EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba
 Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)


A Mercedes guardou o melhor de si para o momento que vale. E Lewis Hamilton foi impecável. O inglês tirou tudo dos pneus supermacios nos instantes finais e voou no circuito catalão, para conquistar o direito de largar da posição de honra do grid no GP da Espanha, a quinta etapa da temporada 2018. É a 74ª pole-position da carreira do tetracampeão e apenas a segunda do campeonato. E com direito da recorde de pista - a marca anterior, aliás, também já pertencia a ele.

Uma vez mais, a preocupação  com os supermacios se confirmaram, e os ferraristas decidiram usar os compostos amarelos nas derradeiras tentativas de volta rápida. Mas os carros prateados surpreendentemente se mostraram mais velozes que os carros vermelhos. Hamilton veio em volta limpa para virar 1min16s173, superando por 0s040 o companheiro Valtteri Bottas, que fecha uma primeira fila importantíssima para a Mercedes. 

A Ferrari, por sua vez, precisou se contentar com a segunda fila, depois de dominar as duas primeiras fases da classificação. No fim, a dupla  optou pelos compostos amarelos, mas não conseguiu superar os rivais. Resultado: Sebastian Vettel foi o terceiro, apenas 0s132 pior que o pole, enquanto Kimi Räikkönen sai em quarto.

A Red Bull ocupou o devido lugar de terceira força, com Max Verstappen à frente de Daniel Ricciardo na terceira fila. Kevin Magnussen colocou a Haas na sétima posição do grid, enquanto Fernando Alonso fez as arquibancadas vibrarem com um excelente oitavo posto. Carlos Sainz e Romain Grosjean completavam os dez primeiros.

A largada do GP da Espanha acontece neste domingo, às 10h10 (de Brasília). E o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL
Lewis Hamilton é pole na Espanha (Foto: AFP)
Confira como foi a classificação do GP da Espanha de F1

A primeira fase da classificação no Circuito da Catalunha começou com a confirmação da ausência de Brendon Hartley na sessão. O neozelandês destruiu a Toro Rosso na parte final do TL3, e a equipe não teve como reparar o carro a tempo da definição das posições de largada. E a Williams foi a primeira a deixar os boxes, tendo Kimi Räikkönen e a McLaren na sequência. Destes, apenas a equipe inglesa ousou e saiu com os compostos médios - a versão mais dura do fim de semana. Sebastian Vettel e a Mercedes logo se juntaram os colegas, mas usando os supermacios.
 
Então, nessa primeira fase, Räikkönen surgiu como mais veloz ao virar 1min17s483. Apenas 0s150 atrás, Lewis Hamilton se colocou em segundo, com Valtteri Bottas em terceiro. Vettel se firmou em quarto. Somente o top-4 vinha na casa de 1min17s. 
 
Só que a Ferrari tinha mais a dar. E o tetracampeão precisou de mais algumas voltas para virar 1min17s031 e saltar para a ponta, batendo o melhor tempo da pré-temporada, feito por ele mesmo, quando conseguiu 1min17s182, mas calçado com os hipermacios e temperaturas quase similares.
 
Max Verstappen também veio bem e foi capaz de se colocar em segundo, mas longe do ferrarista: 0s380. Räikkönen ainda era o terceiro, à frente de Daniel Ricciardo, Hamilton, Bottas, Fernando Alonso, Romain Grosjean, Kevin Magnussen e Carlos Sainz. 
Stroll escapou de novo e bateu no fim do Q1 na Espanha (Foto: Reprodução/Twitter)
Já a zona de eliminação tinha os seguintes nomes: Marcus Ericsson, Lance Stroll, Sergey Sirotkin e Nico Hülkenberg. O alemão da Renault, na verdade, enfrentou um problema aparentemente de câmbio. E teve de retornar às pressas para os boxes. 
 
Nos instantes finais do Q1, todo mundo foi para o tudo ou nada. Hülkenberg, por exemplo, conseguiu voltar e cravar o 16º tempo, mas não o suficiente para escapar da degola. Stroll também não fez melhor. Inclusive, errou novamente. O canadense escapou na curva 12 e foi de encontro ao muro de proteção, encerrando a participação na sessão. Então, ficaram fora; Hülk, Ericsson, Sirotkin e Stroll. 
 
Enquanto isso, passaram para a fase intermediária: Vettel, Verstappen, Räikkönen, Ricciardo, Hamilton, Bottas, Magnussen, Alonso, Grosjean, Sainz, Gasly, Leclerc, Pérez, Ocon e Vandoorne.
A classificação da primeira fase da classificação (Foto: Reprodução/Twitter)
PRIMEIRO Q3 DE ALONSO EM 2018 
 
A fase intermediária da classificação catalã começou com as equipes já revelando as decisões estratégias para o início do GP da Espanha. Isso porque tudo mundo saiu com os pneus macios. E aí a Ferrari novamente se pôs forte e veloz. Vettel cravou 1min16s802 de cara e saltou para a ponta. Depois, voltou aos boxes e ficou por lá no restante da sessão. Räikkönen acompanhou o companheiro ferrarista, mas não em desempenho. O finlandês surgiu com 1min17s071 para assumir o segundo posto. Bottas obteve o terceiro tempo, enquanto Hamilton, o quarto, depois de um erro no giro quente. 
 
A zona de classificação ainda tinha Verstappen, Magnussen, Ricciardo, Grosjean, Alonso e Sainz. Vandoorne era o homem na bolha, com a 11ª marca. Ocon, Leclerc, Pérez e Gasly completavam a tabela. Destes apenas, Alonso e Sainz preferiram os supermacios.
 
Com poucos minutos para o fim, Hamilton também tentou os compostos vermelhos, mas não conseguiu qualquer melhora em seu tempo. A Red Bull foi outra que testou a mesma tática, sem sucesso também. 
 
No fim, Vandoorne, Gasly, Ocon, Leclerc e Pérez acabaram limados. Alonso se garantiu em décimo, com Sainz em nono. Grosjean, apesar de mais um passeio pela brita, foi o oitavo, atrás de Ricciardo, Magnussen e Verstappen. Lá na frente, Ferrari e Mercedes seguiram liderando.
A classificação da segunda fase do treino (Foto: Reprodução/F1)
A HORA DE DECISÃO

Quando a parte final e decisiva da classificação teve início, todo mundo saiu de supermacios, como era o esperado. E Hamilton foi quem apareceu na ponta da tabela, com 1min16s491. Quem mais se aproximou do inglês foi Max Verstappen, mas 0s325 atrás do #44. Daniel Ricciardo se colocou em terceiro, à frente de Valtteri Bottas. Depois de liderar as primeiras duas fases da sessão, Sebastian Vettel conseguiu apenas o quinto tempo. Fernando Alonso, Kimi Räikkönen, Romain Grosjean, Carlos Sainz e Kevin Magnussen completavam a tabela provisória do Q3. 

Só que o melhor ficou para o final. Mercedes e Ferrari optaram por escolhas diferentes, em uma curiosa mudança de estratégia. Enquanto a equipe alemã seguiu com os supermacios, a italiana foi de macios. Ricciardo, Alonso e Sainz seguiram as ponteiras. E aí, nesta configuração, Hamilton se pôs como o mais veloz, conquistando a pole-position, puxando uma dobradinha dos carros prata.

A F1 larga para o GP da Espanha, neste domingo, às 10h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

F1 2018, GP da Espanha, Barcelona, grid de largada:

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:16.173   17
2   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes   1:16.213 +0.040 14
3   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari   1:16.305 +0.132 16
4   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari   1:16.612 +0.439 15
5   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer   1:16.816 +0.643 15
6   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer   1:16.818 +0.645 19
7   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari   1:17.676 +1.503 27
8   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault   1:17.721 +1.548 21
9   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault   1:17.790 +1.617 19
10   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari   1:17.835 +1.662 26
11   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault   1:18.323 +2.150 18
12   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda   1:18.463 +2.290 16
13   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes   1:18.696 +2.523 18
14   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari   1:18.910 +2.737 15
15   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes   1:19.098 +2.925 15
16   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault   1:18.923 +2.750 6
17   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari   1:19.493 +3.320 9
18   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes   1:20.225 +4.052 9
19   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes P +3 1:19.695 +3.522 10
20   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda       0
          Tempo 107%   1:22.476 +6.303  
                   
Recorde Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:16.173 12/05/2018  
Melhor volta Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari   1:21.670 27/04/2008