FE
17/07/2018 11:55

Vice, Di Grassi afirma que temporada 2017/18 foi superior à do título: “É um milagre”

Lucas Di Grassi conseguiu 'roubar' a segunda colocação geral da temporada 2017/18 da Fórmula E na última etapa, em Nova York, e terminou pelo terceiro ano consecutivo no top-2 da categoria. Curiosamente, em sua visão, ele pilotou ainda melhor neste ano do que quando triunfou
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Lucas Di Grassi (Foto: Audi)

Lucas di Grassi chegou à última etapa da temporada 2017/18 da Fórmula E sem chances de título - mas um bom resultado na rodada dupla poderia colocá-lo como vice. E ele fez isso: com uma vitória e um segundo lugar, ultrapassou Sam Bird e, pelo terceiro ano seguido, ficou no top-2 da categoria.

Curiosamente, em sua análise, essa temporada da FE teve sua melhor pilotagem - mesmo em relação ao ano do título que conquistou, em 2016/2017. Isso porque ele começou o ano com muitos problemas em seu Audi, com quebras e distante dos pontos. Do meio da temporada para o final, se recuperou a ponto de quase brigar por uma nova conquista.

"O campeonarto começou em baixa, não marquei pontos por quatro corridas. Depois, conseguir subir até o vice-campeonato... É um milagre. E ainda vencemos o título entre as equipes", comentou, em entrevista ao 'Motorsport', lembrando também do título da Audi.

"Sete pódios em sequência mostraram que fomos competitivos quando o carro não quebrou. E também que a gente possuía todas as armas para conquistar bons resultados. Estou muito orgulhoso da equipe. A parte difícil é não entrar naquela espiral mental de duvidar de si enquanto estava longe do pódio. Acho que eu pilotei melhor nesse ano do que ano passado, porque eu não cometi erros", seguiu o brasileiro.
Lucas Di Grassi (Foto: Reprodução)
Ele terminou a temporada com 144 pontos, um a mais que Sam Bird, o terceiro. Jea-Éric Vergne, o campeão, somou 198 - o que indica que, caso tivesse pontuado nas quatro primeiras corridas, a briga pelo título poderia ter sido mais apertada, no mínimo.

A próxima temporada da FE, a quinta da competição, está programada para começar em dezembro, no dia 15, na Arábia Saudita.